AS GRANDES DESCOBERTAS E CONSTATAÇÕES NA LOCOMOÇÃO DOS EQUINOS COM O SISTEMA ANALOC-E

AS GRANDES DESCOBERTAS E CONSTATAÇÕES NA LOCOMOÇÃO DOS EQUÍDEOS COM O SISTEMA ANALOC-E
 
A.P.TOLEDO – engenheiro, coordenador das pesquisas e desenvolvimento da análise da locomoção em equídeos por meio do sistema ANALOC-E – desenvolvido no Brasil no início da década de 1990. toledo@toledohorse.com.br


1 – A RELAÇÃO ENTRE OS TEMPOS DE APOIO E DE SUSPENSÃO DE CADA CASCO DO ANIMAL, DURANTE A LOCOMOÇÃO, É REPONSÁVEL PELOS EFEITOS NO DESLOCAMENTO DO CENTRO DE GRAVIDADE DO ANIMAL E, CONSEQUENTEMENTE, NA SUA MOVIMENTAÇÃO. A ESSA RELAÇÃO DEMOS O NOME DE “DIAPASÃO”.


2 – A COORDENAÇÃO DOS APOIOS DO QUADRÚPEDE PODE SER MOSTRADA EM UM DIAGRAMA DE LOCOMOÇÃO – DENOMINADO GAIT SPECTRUM – DO QUAL SÃO CONHECIDOS 23 PARÂMETROS BIOMECÂNICOS DA LOCOMOÇÃO, QUE SÃO:
*QUATRO APOIOS MONOPEDAIS
*QUATRO APOIOS TRIPEDAIS
*DOIS APOIOS DIAGONAIS
*DOIS APOIOS LATERAIS
*DOIS APOIOS DUPLOS DE ANTERIORES E POSTERIORES
*UM APOIO QUADRUPEDAL
*UMA SUSPENSÃO COMPLETA (16)
*VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO DO CORPO DO ANIMAL (1)
*RENDIMENTO DA PASSADA (1)
*DUAS DISSOCIAÇÕES ENTRE OS BÍPEDES DIAGONAIS (2)
*ASSIMETRIA DOS APOIOS DIAGONAIS (1)
*DIAPASÃO (1)
*COEFICIENTE DE LATERALIDADE – RELAÇÃO ENTRE OS TEMPOS DE 
*APOIOS EM LATERAL E DIAGONAL (1).
TOTAL DE 23 PARÃMETROS BIOMECÂNICOS DA LOCOMOÇÃO DOS EQUÍDEOS.


3 – OS APOIOS DIAGONAIS E LATERAIS NÃO SÃO SINCRONIZADOS NA MAIORIA DOS ANIMAIS.


4 – A DISSOCIAÇÃO DOS BÍPEDES DIAGONAIS E LATERAIS É RESPONSÁVEL PELA EXISTÊNCIA, RESPECTIVAMENTE, DOS APOIOS TRIPLOS DE ANTERIORES E DE POSTERIORES. ALGUNS ANDAMENTOS APOIAM O ANTERIOR ANTES DO POSTERIOR CONTRÁRIO E OUTROS APOIAM O POSTERIOR ANTES DO ANTERIOR CONTRÁRIO


5 – UMA MARCHA COMPLETA TEM QUATRO APOIOS TRIPEDAIS, DOIS APOIOS DIAGONAIS E DOIS APOIOS LATERAIS. AS MARCHAS INCOMPLETAS TÊM UMA ENORME VARIEDADEDE DIAGRAMAS  ENTRE 4 E 8 APOIOS DURANTE UMA PASSADA.


6 – A RELAÇÃO ENTRE OS TEMPOS DE APOIO EM LATERAL E EM DIAGONAL DÁ O COEFICIENTE DE LATERALIDADE  QUE É REPONSÁVEL PELAS VARIAÇÕES DOS DIVERSOS ANDAMENTOS E SOBRETUDO DAS MARCHAS DENOMINADAS BATIDA – INTERMEDIÁRIA E PICADA.


7 – A COORDENAÇÃO DOS APOIOS E A DISSOCIAÇÃO DOS BÍPEDES LATERAIS E DIAGONAIS SÃO RESPONSÁVEIS PELO DESLOCAMENTO DO CENTRO DE GRAVIDADE NOS PLANOS: VERTICAL, ÂNTERO-POSTERIOR E MÉDIO-LATERAL. A COMODIDADE DA MOVIMENTAÇÃO DEPENDE DA COORDENAÇÃO DO MOVIMENTO NOS TRÊS PLANOS.


8 – A VELOCIDADE DO DESLOCAMENTO ESTÁ RELACIONADA DE FORMA DIRETA COM A EXISTÊNCIA DOS APOIOS TRIPEDAIS. QUANDO A VELOCIDADE AUMENTA OS APOIOS TRIPEDAIS DIMINUEM.


9 – AS RAÇAS DE SELA SE DESLOCAM NO TROTE OU NA MARCHA NUMA VELOCIDADE MÉDIA DE 12 K/H, COM DURAÇÃO MÉDIA DA PASSADA EM 600 milisegundos   E , CERCA DE, 100 PASSADAS POR  MINUTO.


10 - O DIAPASÃO MEDE A RELAÇÃO ENTRE OS TEMPOS DE APOIO E SUPENSÃO DOS QUATRO LOCOMOTORES E VARIA ENTRE 0,5 NOS ANDAMENTOS SALTADOS, 1,0 A 2,00 NAS MARCHAS E ACIMA DE 2,0 NO PASSO.


VEJA O VÍDEO ILUSTRATIVO NO LINK: http://youtu.be/mwLUt3u_k80


A TEORIA EXPLICA OS FATOS -  A CONSTAÇÃO É A MAIOR DE TODAS AS VERDADES E O CONHECIMENTO SOMENTE EVOLUI POR MEIO DAS PESQUISAS. (APT).

 

Pague com
  • PagSeguro
Selos

ADALTON TOLEDO - CPF: 043.433.877-04 © Todos os direitos reservados. 2017